Search

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Netflix toma medidas para evitar compra hostil

Depois de notícias relatando a compra de ações da Netflix dias por parte do investidor Carl Icahn, o conselho de sócios da empresa votou uma medida para evitar que investidores externos tenham participação de mais de 10% nas ações da empresa sem aprovação dos membros.

A iniciativa do conselho, também chamada de "pílula de veneno", é uma medida comum para evitar que aconteça a compra da empresa sem a aprovação do conselho de membros.

Na semana passada postei aqui no blog que a Microsoft parece estar interessada em comprar a Netflix, assim como a Amazon. O interesse de Icahn, segundo os sites de notícia, se deve provavelmente a esses rumores de grandes corporações dispostas a investir no mercado de vídeo por demanda.

Fonte: Notícia completa no G1.

2 comentários :

  1. Inteligente, porém desnecessário.
    Vou comparar com o futebol:
    Um time gigante quer comprar um ótimo jogador de um time mediano, não importa o quanto o time mediano tente segurar o jogador, o time gigante sempre consegue levar ele na quantia em dinheiro, infelizmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o que eles querem é poder controlar a $ que vão levar. No caso de compra hostil você basicamente assiste ao jogador indo embora sem poder nem dar pitaco na negociação...

      Excluir