Search

sábado, 18 de janeiro de 2014

Fim de regra sobre Neutralidade da Internet pode ameaçar Netflix nos EUA

Durante a semana, o provedor norte-americano Verizon ganhou uma ação na justiça questionando a regra da FCC, reguladora da internet nos EUA, que obrigava os provedores a manter a chamada Neutralidade da Internet. A regra obrigava os provedores a tratar todos os websites da mesma forma, o que beneficiava serviços de grande uso de banda de internet como a Netflix.

Com a decisão, os provedores nos EUA podem cobrar a mais de seus usuários por utilizarem serviços com alto consumo de banda como a Netflix. O fim da regra pode ameaçar nos EUA o crescimento do serviço, que tem aumentado ano após ano. Uma explicação um pouco mais detalhada foi dada aqui no blog, quando a mesma questão entrou em pauta no Brasil.

Um estudo publicado pela Wedbush Securities alarmou acionistas da empresa, divulgando que os custos da Netflix podem aumentar em centenas de milhões de dólares e estes teriam que ser repassados aos usuários, o que, consequentemente, reduziria as assinaturas. A queda nas ações da Netflix foi imediata:

Gráfico com o valor das ações da Netflix nos EUA durante a semana, clique para aumentar.

Ainda não há uma resposta da agência FCC, que pode recorrer. Não se sabe o impacto que a possível mudança pode causar na empresa globalmente, mas os investimentos em séries originais, por exemplo, ficariam seriamente comprometidos caso a decisão seja mantida.

Fonte: Slashdot, Bloomberg

2 comentários :

  1. As bonitas operadoras daqui devem tentar o mesmo. E como a Anatele elas conseguirão. Embora teremos pacotes de internet semelhante a Tv por assinatura ou os malditos pacotes opcionais da indústria automobilística.

    ResponderExcluir
  2. Oooppps... leia-se "com a Anatele" e "Em breve teremos".

    ResponderExcluir