Search

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Ameaçada a Neutralidade da Internet no Brasil


Cedendo a pressões de grandes empresas de telecomunicações, o governo resolveu mexer em um dos pontos mais cruciais do Marco Civil da Internet: o trecho que trata da Neutralidade da Rede. De acordo com a Folha, o Governo pretende deixar o texto confuso (!!!!!) e dar brechas (!!!!) de forma a possibilitar a cobrança de pacotes mais caros a quem usa mais dados.

Leia uma explicação mais detalhada sobre a Neutralidade da Internet aqui. Na prática, a nova legislação permitirá às provedoras criar pacotes cobrando mais caro de quem usa serviços com grande uso de banda (como a Netflix) ou diminuir a prioridade a esses serviços, dificultando ou impossibilitando seu uso.

No mês passado, houve uma decisão de uma corte norte americana que acabou com a Neutralidade da rede por lá. Movimentos bipartidários buscam reverter a decisão.

Pela conversa do deputado Eduardo Cunha (PMDB), que defende os interesses das teles (praticamente um lobista em forma de deputado), ele ainda não está satisfeito. A alteração será feita na justificativa do projeto de lei, e não no texto original do projeto. As teles estão com sorrisos abertos e manifestando aprovação ao novo texto, o que por si só é um péssimo sinal.

Leia a reportagem na Folha aqui.

15 comentários :

  1. Vai acontecer que as empresas que cobrarem a mais vão perder clientes para as que manterem o valor...simples assim. (prevejo GVT anunciando que não vai cobrar adicional)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria ótimo. Eu acho que vão todas fazer alguma coisa do tipo.

      Excluir
    2. Mas o que vai acontecer é que todas as empresas cobraram a mais, ou você acha que existe alguma pessoa "boazinha" que não quer ganhar cada vez mais dinheiro, pense vc, como um dono de uma empresa que pode aumentar o seu produto em 40, 50%, vc não irá aumentar para satisfazer o consumidor final?!!??! Balela, o ser humano sempre quer mais e mais.

      Excluir
    3. O problema é que são pouquíssimas empresas, um mercado muito regulado e difícil de entrar, aí a concorrência fica prejudicada. Se fossem muitas empresas aconteceria o que o João disse.

      Excluir
    4. Pois é André, e ainda se conseguissemos atingir a velocidade total que pagamos, ok, é caro mas eu pago 30mb e tenho os 30mb, mas não pago 30mb e recebo 8mb, isso é o que eu acho mais ridiculo, minha cunhada foi para o Japão e no prédio que ela morou a internet era agregada ao condominio, tudo wi-fi e conseguiam uma conexão de 100mb, todos acessando ao mesmo tempo, infelizmente o Brasil é uma piada, só serve para os gringos virem ganhar dinheiro, e isso dificilmente vai mudar.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Não, isto é o mundo sendo mundo. Deixa de ser vira lata, e leia o texto. Nos EUA, aconteceu a mesma coisa.
      Este é o perigo de ter uma população que se comporta como um bando de vacas e bois. Esta ameaça já estava aí a mais de 2 anos, e ninguém fez nada. Protestam por vários motivos fúteis pela web afora, mas ninguém se lembrou disto. Idiotas úteis.

      Excluir
    2. Calma amigo, eu acho que o que ele quis dizer é que, sendo o Brasil é claro que esse problema viria pra cá. Talvez se fosse algo verdadeiramente democrático(o povo tomando as decisões) não funcionaria.

      Brasil sendo o Brasil.

      Excluir
    3. Não, é o Brasil sendo Brasil mesmo, em nenhum lugar do mundo se paga um plano de internet e só recebe 10% do contratado, e ainda instável, em nenhum lugar do mundo se cobra tanto por um serviço horrível como aqui, sem contar o traffic shaping feito pelas. Se você gosta de ser bucha de canhão dessas teles exploradoras o problema é seu, o fato é que isso vai encarecer ainda mais um serviço que já é suficientemente caro por aquilo que ele oferece.

      Excluir
  3. Enquanto isso, o PL 6006/2009, projeto de lei que garantiria 50% da velocidade contratada foi arquivado. :/

    ResponderExcluir
  4. Mais uma vez a Folha divulga informações falsas sobre o governo. Lula defendeu o Wikileaks, e Dilma a internet livre, já a Folha tem parceria forte com a Globo, controladora da NET.

    ResponderExcluir
  5. Lula e Dilma são comunistas querendo transformar o Brasil em Cuba.

    ResponderExcluir
  6. Pior é que a neutralidade, que caiu momentaneamente nos EUA, também está sendo discutida na Europa e parece que tem decisão sobre isso nesta segunda. Nos EUA, a FCC briga para reestabelecer a neutralidade. Aqui, a governanta até fez discurso defendendo a neutralidade, mas discurso daquela mulher e mentira andam juntos.
    De todo jeito, aqui as teles já não fornecem a velocidade máxima (exceto a gvt) e já tem pacotes de dados. Aliás, tendo pacote de dados, eu gasto meus dados como quiser. De todo jeito, é óbvio que as teles estão mirando no fatiamento de conteudo tal e qual o que ocorre na "tv por assinatura".
    E eu? Cancelo meu serviço de internet. Simples assim. Só uso pra netflix mesmo e não vou me sujeitar a pagar o pacote mais caro para ter esse serviço tal e qual é na tv por assinatura, onde os canais hd estão nos pacotes mais caros... e espalhados em vários pacotes.
    Ainda bem que meu local de trabalho tem internet para básico.

    ResponderExcluir
  7. País de mer** que não cansa de regredir... Chega a dar nojo. Pq não cai um avião naquele lugar que tanto amamos em Brasília? Faria um bem sem tamanho pra população...

    ResponderExcluir