Search

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Netflix não planeja entrar no mercado de aparelhos ou de esportes ao vivo


Reed Hastings, CEO da Netflix, frustrou as esperanças de alguns fãs durante uma sessão de perguntas e respostas em uma conferência na Califórnia afirmando que a empresa não tem interesse em desenvolver seu próprio media box e que, no momento, não tem o tempo, energia e dinheiro para entrar no mercado de esportes ao vivo.

Sobre o media box (aparelhos como a Apple TV e o Buddy Box da Sony), Hastings foi categórico: "Trabalhamos com mais de mil aparelhos. Não haveria valor agregado em adicionar um novo."

Sobre a cobertura de esportes ao vivo, Hastings ainda deixou algumas esperanças vivas para o futuro: "TV ao vivo não é uma área de muito interesse para nós", disse ele. "Mas estamos só começando.", acrescentou.

Em uma entrevista na semana retrasada, o diretor de produtos da Netflix, Neil Hunt, deixou claras algumas das diretrizes da Netflix para o futuro. Sobre esportes ao vivo, ele disse que seria uma mudança enorme na economia da companhia, mas que é uma possibilidade para o futuro.

Fonte: CNet

3 comentários :

  1. Boas resposta, mostra solidez nos negócios

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que eles poderiam fazer um aparelho bem simples, que seja suficiente apenas para rodar o app do Netflix. Assim, um aparelho bem simples, com 256mb ram e 256mb (ou menos) de espaço interno já seria o suficiente. Dai eles poderiam vender a, sei lá, 20 obamas ou até mesmo dar graça para novos assinantes, Seria um bom incentivo, especialmente para aqueles que só não assinam Netflix por não ter um smarttv.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anderson, já existe coisa assim, o Chromecast faz exatamente isso, por exemplo

      Excluir