Search

terça-feira, 31 de março de 2015

CEO da Netflix quer unificar o catálogo mundial


Um dos principais problemas para quem assina o serviço de streaming Netflix no Brasil é o conteúdo limitado em comparação ao catálogo disponível em outros países, como os Estados Unidos. Lá, as opções são muito mais vastas, com temporadas de séries mais atualizadas e filmes recém-lançados. Mas, se depender da vontade do criador e CEO da empresa, Reed Hastings, isso vai mudar.

Hastings falou sobre o assunto durante o lançamento do serviço na Austrália, na semana passada. Ele discutia o fato de muitos usuários recorrerem ao uso de VPNs, e a apps como o Hola, que mascaram o verdadeiro endereço de acesso, para obter o catálogo completo.

"A solução básica é que a Netflix se torne global e faça com que seu conteúdo seja o mesmo ao redor do mundo, de forma que não haja incentivo para o uso de VPN. Assim podemos trabalhar na parte mais importante, que é a pirataria", disse Hastings ao Gizmodo australiano.

O problema é que essa abertura não depende apenas de uma decisão da empresa. Os estúdios de Hollywood, que basicamente monopolizam o conteúdo cinematográfico disponível no serviço, tratam o tema com linha dura, redigindo contratos de distribuição específicos para cada região do planeta. Pior: recentemente, até os usuários de VPN se tornaram alvo, e a Netflix tem sido pressionada para bloquear esse tipo de acesso.

Mas Hastings insiste que a questão da VPN é pequena se comparada à da pirataria tradicional. "Um fato importante sobre a pirataria é que uma fração dela acontece porque os usuários não conseguem ter acesso ao conteúdo. Essa parte nós conseguimos consertar. Mas outra parte da pirataria ocorre porque eles não querem pagar. Essa é a parte difícil. Como uma indústria, precisamos consertar o conteúdo global", disse Hastings.

Fonte: Info

4 comentários :

  1. É o que mais quero. Não me importo do conteúdo não ter dublagem ou legenda, só o fato dele estar ali, disponível a todos, já é um avanço. Uso o Netflix 90% pela smart tv, então não tem como mascarar a VPN, com essa mudança, seria excelente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente é quase impossível no curto prazo :(

      Excluir
  2. Torço muito por essa melhoria no serviço embora me preocupe o preço que isso vai custar. No Brasil nada pode custar tão barato, então fico com receio de exigir melhorias e o preço se igualar ao preço absurdo das Tv´s a cabo.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente esse mundo burocrático prejudica muito nos consumidores, mas a empresa deveria investir e atualizar as séries que já tem e não necessariamente trazer novidades lutar pra trazer o que já existe pois faz muita falta apesar de eu entender esse fato da burocracia, mas deveria ser pensado a questão de tentar trazer e atualizar o que já tem no netflix

    ResponderExcluir