Search

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Netflix encomenda 3%, série nacional

O diretor Cesar Charlone

De acordo com a Variety, a Netflix encomendou a série 3%, marcando sua primeira produção filmada no Brasil. A série será dirigida por Cesar Charlone, diretor de fotografia de Cidade de Deus.

O projeto foi descrito como um suspense em um mundo dividido entre progresso e devastação, onde as pessoas têm a chance de ir para o "lado melhor", mas só 3% dos candidatos conseguem. O ator João Miguel (de Estômago) e Bianca Comparato (Somos tão Jovens) estrelam a série.

"A série questiona a dinâmica de uma sociedade que impõe processos seletivos que todos têm que passar, quer queiram, quer não", afirmou Charlone.

Continue a leitura para ver o piloto da série.


A série está prevista para começar a produção no começo do ano que vem e ser lançada mais tarde, ainda em 2016.



UPDATE: O piloto está disponível no Youtube:





10 comentários :

  1. "O projeto foi descrito como um suspense em um mundo dividido entre progresso e devastação, onde as pessoas têm a chance de ir para o "lado melhor", mas só 3% dos candidatos conseguem."

    Traduzindo: chuparam Elysium.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o piloto é de 2011, antes do elysium (que por sinal é uma porcaria)

      Excluir
    2. Hahahaha que comida de rabo essa hahahah

      Excluir
  2. Essa foi uma ótima surpresa! Há 4 anos que venho esperando que alguém produza 3%, desde aquele piloto incrível que eles disponibilizaram no Youtube.

    Mal posso esperar :D

    ResponderExcluir
  3. Uma pena o Netflix desperdiçar dinheiro com produção nacional... Um sinal de como anda a "alta cultura" brasileira é através de produções como esta. A necessidade de uma revolução para mudar algo existente para algo utópico, é coisa de escritores como Carl Marx, cujas obras fracassadas em nações desenvolvidas, são sucesso entre "a elite". Netflix vai perder dinheiro com isso. Não vou assistir.

    ResponderExcluir
  4. Series nacionais são horríveis, as que foram produzidas para tv a cabo fracassaram, todas cópias de sucessos de fora, as que foram ao ar acabaram rapidinho.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Viver é um simples ato de existir, pensar um simples ato de poder se expressar. Cada um com seus dilemas, textos e poemas. Sendo lixo para os 97% e arte para os 3%, um começo de uma revolução, cultural ou contextual. A realidade que se move em pensamentos complexos, apenas 3% compreende um futuro entre linhas de um nada existente.

    ResponderExcluir