Search

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Relatório afirma que Netflix já afeta TV tradicional

Mapa de disponibilidade atual da Netflix no mundo

Um relatório do Instituto Reuters, da Universidade de Oxford, aponta que o vídeo pela internet "começa a afetar a televisão" no mundo. Entre outros dados, o relatório compara assinaturas de TV paga e as chamadas "over the top", diretamente pela internet, como Netflix, de 2011 para 2015 nos Estados Unidos:


A TV paga caiu de 100,9 milhões de domicílios para 97,1 milhões, enquanto o vídeo OTT cresceu de 28 milhões para 50,3 milhões.

O Brasil não é destacado no estudo, mas as assinaturas de TV paga recuaram no ano passado após uma década de crescimento, segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações):
A queda foi de 3%, passando de 19,6 milhões em dezembro de 2014 para 19 milhões em dezembro de 2015. Recentemente as operadoras de TV paga brasileiras ameaçaram lançar uma contra-ofensiva à TV por streamming através de loby no congresso e pressão sobre o governo.

Não há dados abertos sobre assinaturas OTT no país, mas a Anatel registrou que as assinaturas de banda larga fixa cresceram de 24 milhões para 25,6 milhões no mesmo período, apesar da crise.
Além de um "grande ano para o Netflix", o Reuters Institute prevê a estreia do "streaming" da Apple, "finalmente", e o aumento nos serviços via internet das operadoras, como Verizon.

"A disrupção da televisão" já ameaça a TV aberta. Uma amostra teria sido a queda de 5% na audiência, sobretudo telejornalismo, no ano passado no Reino Unido.

O estudo, chefiado por Nic Newman, ex-executivo da BBC, se baseia em respostas de "mais de 130 líderes digitais de 25 países".

4 comentários :

  1. Espero e torço pra que um dia a rede globo seja engolida viva...

    ResponderExcluir
  2. Acabei de ler , que a operadora vivo-gvt , pensa em franquiar a banda larga. Seria reflexo dessa noticia.O que me surpreende e a falta de capacidade desses larápios,em manter a qualidade das tvs pagas. Dai a unica opção que resta e tentar restringir bons serviços como a netflix. Quero viver o suficiente para ver ver esse império do mal cair perante ao serviço de streaming.

    ResponderExcluir
  3. Na boa a TV aberta ou demais devem entender que tudo evolui elas fizeram o que queriam durante decadas criando opniões colocando em nossos olhos aquilo que lhes interessavam, com uma programação de má qualidade etc. É o começo do fim da TV seja ela por canal aberto ou não. Tenho TV acabo só para ver algo extra como um jogo, uma luta e olha lá.

    ResponderExcluir