Search

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Godless, nova minissérie da Netflix, retratará faroeste

Scott Frank

Se você gosta de histórias em que alguém nunca desiste de seus sonhos e consegue realizá-los no final, vai gostar dessa. E não é com uma pessoa comum: o herói dessa história é Scott Frank, roteirista de sucesso de títulos como "Marley e Eu" e "Minority Report".

Desde os anos 2000 Frank tentou convencer diretores a aceitar seu projeto de faroeste, ambientado em 1888, chamado Godless. A ideia era fazer um filme. Frank tentou convencer Steven Soderbergh (que não quis filmar pessoas montando cavalos), Sam Mendes e David Fincher. Muitos e muitos diretores analisaram o script e o recusaram.


Agora, finalmente o projeto está saindo do papel, com a ajuda da Netflix. Frank transformou o script do filme em uma minissérie de seis horas, e ele mesmo será o diretor. É a primeira minissérie da Netflix produzida internamente. Frank falou da trama em 2007, mas ela será expandida:

"É essencialmente a história de um fora da lei muito ferido que acaba parando em uma cidadezinha mineradora do Novo México, onde todos os homens adultos morreram na mina. Tudo é gerido por mulheres.", disse Frank. "O bandido encontra uma mulher que mora em um rancho fora da cidade, expulsa pelas outras mulheres, e essa mulher cuida de sua saúde. Então ele percebe que seus antigos parceiros criminosos estão vindo atrás dele, destruindo todas as cidades que encontram no caminho, e eles vão chegar logo", continuou. "[A história] é sobre os personagens e as relações entre eles, e suas relações com o ex bando que está vindo atrás dele. E tudo se fecha nessa cidade cheia de mulheres.", terminou Frank.

Conheça também Frontier, série da Netflix filmada no Canadá.

Ainda não há informações sobre o elenco ou data de estreia de Godless, mas a minissérie deve chegar em 2017.

Fonte: Indiewire

Nenhum comentário :

Postar um comentário