Search

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Dez dos piores filmes do catálogo da Netflix


Você já viu algum filme ruim, péssimo mesmo? Essa semana fuçamos nos esgotos mais profundos da Netflix e voltamos pra comentar os piores entre os piores (depois de um bom banho). Sério, o filme ruim que você assistiu deve ser bem melhor que esses. Confira a lista... mas não assista, não vale a pena!

1. Nazistas no Centro da Terra (2012)


Os fãs de filmes de baixo orçamento devem já ter ouvido falar da "The Asylum", uma produtora que é especializada em filmes... ruins. "Nazistas no Centro da Terra" não desaponta, e com certeza está entre os piores da empresa.

Imagine: "Iron Sky" fala de nazistas vindos do espaço invadindo a Terra. "Nazistas no Centro da Terra" é uma espécie de cópia de "Iron Sky", uma versão um tanto mal feita de algo que já nem era tão bom. O resultado é algo tão ruim, mas tão ruim, que tem até fã.

2. O Apocalipse (2014)


Se você conhece The Leftovers, série da HBO, vai notar que o tema de "O Apocalipse" é parecido: o filme conta a história dos deixados pra trás depois do arrebatamento, o evento em que, segundo algumas religiões cristãs, Deus vai levar os escolhidos aos céus em carne e osso. A série da HBO tem um drama sufocante, uma sensação de que algo muito errado está para acontecer. Em "O Apocalipse" o maior erro é a existência do filme.

Nicholas Cage faz a interpretação entediada de olhos esbugalhados a que já estamos acostumados, e ele parece estranhamente ter sido photoshopado pra dentro do filme (vejam na foto!). Os efeitos são uma piada de mau gosto. Mesmo que "O Apocalipse" tenha sido feito para pregar aos convertidos, deve ser difícil encontrar alguém com fé suficiente para aguentar as duas horas do filme.

3. Bloodrayne 3: O Terceiro Reich (2011)


É comum entre os homens assistir a um filme por causa da protagonista bonita, e Natassia Malthe, de "Bloodrayne 3", é uma atração e tanto. Mas não se iluda: apesar da atriz sexy, o filme é um desastre - o que não chega a ser surpresa entre adaptações de jogos de videogame.

"Bloodrayne" conta a história de dhampirs, híbridos entre humanos e vampiros. No terceiro filme da franquia, Rayne luta contra nazistas (que obsessão com nazismo!) que querem imortalizar Adolf Hitler dando a ele o sangue da personagem principal. Além da premissa ridícula, a execução é pior ainda.

4. Cadê os Homens? (2011)


"Cadê os Homens?" fala de uma cidade sul-americana em que todos os homens deixam as mulheres em casa e vão para a guerra. Depois de algum tempo chega ao lugar uma mulher misteriosa, que inexplicavelmente desperta a sexualidade (lésbica) das habitantes.  Mais tarde, um repórter, interpretado por Christian Slater, acaba parando na cidade e se interessando pela situação.

Aparentemente o filme deveria ser uma comédia, mas é difícil encontrar alguém que chegue a sorrir com as "piadas" da história. E o pior é que apesar do filme ser ofensivo a homens (apresentado como adúlteros e violentos) e mulheres (apresentadas como frívolas, promíscuas e idiotas) a diretora parece acreditar que o filme tem uma mensagem importante a passar para o público. A dúvida é qual seria essa mensagem.

5. King of Fighters - A Última Batalha (2010)


É até covardia colocar dois filmes vindos de jogos de videogame nessa lista, mas "King of Fighters" faz por merecer a posição. O filme tem uma história absolutamente sem sentido, algo que os personagens admitem logo nas primeiras cenas ("O que você esperava, o maldito 'Cidadão Kane'?").

Mas a história ruim não é o pior em "King of Fighters".  Na verdade, você acaba até esquecendo da trama com os atores horríveis e os ângulos de câmera bizarros, provavelmente selecionados pra que o espectador não preste atenção nas coreografias de luta mal ensaiadas. Não assista, principalmente se você gosta do jogo.

6. Thor: O Martelo dos Deuses (2009)


Imagine que você foi contratado para dirigir um filme sobre Thor, o famoso herói viking. Só tem um porém: você vai ter o orçamento equivalente ao de um pai de família desempregado fazendo compra fiado na mercearia da esquina. Assim nasceu "Thor: O Martelo dos Deuses".

Tudo no filme é mal feito. Os diálogos sã ruins. A história não tem nexo. As lutas parecem coreografadas por quem aprendeu esgrima com o desenho do He-Man. Os efeitos são de trinta anos atrás. Os atores fariam Hayden Christensen (o Anakin dos Star Wars ep II e III) merecer um Oscar. "Thor" é daquela categoria que chega a ser bom, de tão ruim.

7. Karate Dog (2005)


Filmes com cachorros falantes fazem sucesso entre as crianças e têm seu apelo entre pessoas que gostam de personagens fofos, mas "Karate Dog" não merece nada menos que o desprezo de todos. Com um elenco estrelado, incluindo Pat Morita (o "Senhor Miyagi" de Karate Kid) e John Voight, o filme é um desastre em todos os sentidos imagináveis.

Voight vive um vilão bilionário que quer fazer maldades com os cachorros do mundo (não se entende bem o porquê), e o cachorro Rex tem que enfrentá-lo. A história é idiota, as piadas não têm graça e o protagonista, apesar de ser um cachorro falante lutador de karatê, não desperta nenhuma simpatia. Não veja nem se seu filho insistir muito.

8. Super-Heróis: A Liga da Injustiça (2008)


Existe um círculo especial no inferno para produtores de filmes que satirizam outros filmes, aberrações como "Espartalhões" e "Todo Mundo em Pânico". Com certeza "Super Heróis - A Liga da Injustiça" está entre os piores do gênero, o que é um feito considerável.

A história, se assim podemos chamar, consiste em ícones pop aparecendo na tela e arrotando, peidando ou sendo atingidos por uma vaca caindo dos céus. Não assista. Assistir a esse filme é incentivar o lado negro da Força.

9. Foodfight (2012)



"Foodfight" (A Guerra das Comidas) é uma animação para crianças baseada em mascotes famosos de produtos industrializados americanos, como Chester Cheetah (do Cheetos) e outros menos conhecidos dos brasileiros. A história deveria ser um clone de "Toy Story" ambientado em um supermercado, com os personagens ganhando vida nas prateleiras durante a noite e lutando contra uma marca maligna.

Houve vários problemas durante a produção, até mesmo um roubo que obrigou os criadores a começarem tudo do zero. Mas dinheiro não faltou: o investimento em "Foodfight" foi de mais de 65 milhões de dólares e o resultado é dantesco. As animações são horríveis, o roteiro é ruim, a mensagem do filme é pior que uma propaganda de salgadinho. Os criadores tentaram leiloar o filme antes do lançamento por 2,5 milhões, o que já evidenciava o desastre, mas nada que pudesse nos preparar para o resultado final.

10. Múmia - A Ressurreição (2013)


"Múmia - A ressurreição" tenta se vender pelo poster como uma sequência da famosa franquia da Universal estrelando Brendan Frasier, mas é muito, mas muito pior. Na história, cinco arqueólogas estranhamente jovens e lindas exploram uma tumba egípcia, como uma reunião de Lara Crofts. Quero dizer, começam em cinco, mas depois de algumas cenas uma outra arqueóloga-modelo-nas-horas-vagas se junta ao grupo sem nenhum tipo de justificativa. É como se ela sempre estivesse lá.

"Múmia" tem diálogos horríveis, personagens caricatas sem profundidade e uma história que não faz nenhum sentido. Um clássico instantâneo!


E você, viu algum filme horrível na Netflix? Comente aí, mas Sharknado não vale!

25 comentários :

  1. The Final é uma bela de uma bosta também!

    ResponderExcluir
  2. Eu achava que nada poderia ser pior que Deu a Louca em Hollywood (Consegui assistir 20 minutos) mas pelo que vi no IMDB Super Heróis A Liga da Injustiça conseguiu ter uma nota pior!!! Incrível.

    Os 3 BloodRayne's são dirigidos pelo Uwe Boll, só isso já explica tudo. Qualquer filme dele não merece ser assistido ou caso não tiver opção... sério, não assista, sempre existe uma opção, mesmo que seja dar uma de Shiryu e furar os próprios olhos.

    E essa descrição da Múmia, hahahahaha. Mas vou resistir, não vou assistir, odeio esses filmes que parecem comercial de cerveja onde "só tem gente jovem, bonita e sarada" correndo de um lado para o outro, fingindo ter um profissão incrível e com atuação de Google Tradutor.

    Mas eu preciso ver esse Thor, a sua descrição me convenceu, é meu filme para o fim de semana. Hahahahaha.

    ResponderExcluir
  3. Ja assisti 3 dessa lista, eu gosto de ver umas tosquices de vez em quando mesmo ja sabendo que é ruim, é bom pra dar risada, as vezes até melhor que comédia.

    ResponderExcluir
  4. Ótima postagem! Só acho que o Nicolas Cage merece uma categoria própria Hahahaha

    ResponderExcluir
  5. se v´pro curar tem mais kill bill,ong bacg,tc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kill Bill ai forçou a amizade. Ótimo filme, dirigido pelo mestre Tarantino, só não gosta do filme quem não gosta do gênero.

      Excluir
    2. kill Bill e péssimo mesmo.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Isso é você quem diz. É só olhar a nota do rotten, metacritic e imdb. Dizer que Kill Bill se compara a esses filmes citados é até um sacrilégio.

      Excluir
  6. Todo mundo em pânico é um clássico, tirando o 5º filme, todos são obras-primas de comédia non-sense, na minha opinião é claro. Além de que esses filmes são feitos pra entreter somente.Por mais que esses filmes não tenham um roteiro perfeito, ou nem tenham um roteiro, eles acabam fazendo certo sucesso mesmo com notas baixissímas em sites como rotten tomatoes, ou imdb que é mais popular. Filme é gosto, tem gente que gosta, tem gente que não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, eu mesmo adoro "os mercenários", mas não deixo de achar muito ruim, hahaha

      Excluir
    2. comédias non sense e obras primas não podem ser citadas na mesma frase.

      Excluir
  7. Esses filmes como deu a louca em hollywood, espartalhões,super heróis: a liga da injustiça são ruins mesmo, nem como parodia serve, porque costumam ser muito sem graça
    Talvez por nostalgia mas eu gostava do filmes de todo mundo em pânico kkk
    Outro horrível de parodia: jogos famintos, não consegui terminar, fui pulando umas cenas pra ver se melhorava e nada... nessa vibe de peidos e arrotos mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Segui a sua sugestão e assisti ontem Sharknados. Muito bizarro! Tubarões voando, subindo corda, engolindo uma pessoa inteira. Ri muito com os defeitos especias! A cena final fechou com chave de ouro, kkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, pode ver as continuações tb, excelentes

      Excluir
  9. A Apocalipse obrigada pela minha mãe que tava numa vibe filmes 'parecidos' c 2012 que ela adora kkkkk Achei que o Nicholas Cage faria um filme pelo menos mediano mas parecia filme pra tv c pouco/pouquíssimo orçamento.

    ResponderExcluir
  10. Não sei se ainda esta no catalogo mas tem tb Ouija que parecia filme de fim de graduação de facudade de cinema de quinta. PODRE!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahah estão sim, tem dois... quase entrou!
      http://navegador.lancamentosnetflix.com.br/index.php?selSerie=0&selPais=0&selGeneros=0&selInsercao=0&selOrdem=0&edBusca=ouij

      Excluir
    2. oh man tive que ver os dois pulando pra ver qual era e foi "Ouija - A Ressurreição (The Ouija Experiment 2: Theatre of Death - 2015) Justin Armstrong,Gerald Crum,Sally Greenland IMDb 2.0 entrou 01/08/2015."
      POOOOODRE! Deveria ter entrado na lista pelo menos um deles. O outro parece que tem um dos caras desse que eu vi ...ou era muito parecido que até me fez achar que era o filme que eu vi - pela metade 100 OR.
      HAUSHAUSHAUSHSU

      Excluir
    3. Hahahaha Camy, não desmereça a minha lista, os filmes dali tb são todos horríveis hahaha

      Excluir
    4. Cammy, esses Ouija's aí são péssimos, tb vi rsrsrs

      Excluir
  11. Quer dizer que nenhum sharnado entrou na lista ??? Não concordo com todos os filmes ai

    ResponderExcluir
  12. Sharknado não entrou pq é ruim de propósito... Normal não concordar com todos.

    ResponderExcluir
  13. Alguém conseguiu ver INFECTADO inteiro? Eu desisti... rsrsrs

    ResponderExcluir