Search

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Netflix vai produzir longa sobre Panama Papers e concorre com Soderbergh no tema



A Netflix divulgou nesta terça-feira (26) notícia de que vai gravar longa-metragem sobre o escândalo da Panama Paper. O serviço adquiriu os direitos de um livro escrito por dois jornalistas investigativos alemães com exclusividade, antes do lançamento da obra. O longa será produzido por John Wells (que trabalhou em séries como "Plantão Médico" e "West Wing").

Este é o segundo projeto de um filme sobre o escândalo dos paraísos fiscais, que veio à tona quando um delator divulgou informações financeiras de milhares de clientes do escritório de advocacia panamenho Mossack Fonseca.

O primeiro filme é de Steven Soderbergh ("Onze homens e um segredo" e "Erin Brokovitch"), já anunciado como estando em fase de produção. A base do filme de Soderbergh é a obra inédita "Secrecy World", do repórter americano Jake Bernstein, que também ainda não chegou às livrarias.

O serviço de streaming informou que adquiriu com exclusividade os direitos do livro "Panama Papers: Breaking the Story of How the World's Rich and Powerful Hide Their Money" que chega às livrarias americanas em junho, dos jornalistas alemães Frederik Obermaier e Bastian Obermayer, os primeiros a noticiar a quebra de sigilo. Ted Sarandos, executivo-chefe de conteúdo da Netflix, declarou por meio de uma nota estar confiante que o filme vai contar uma "história cativante".

Fonte: O Globo

Nenhum comentário :

Postar um comentário