Search

sábado, 13 de agosto de 2016

Brendan Dassey, de Making a Muderer, pode ser libertado


O longo caso do documentário "Making a Murderer" continua ativo e mudanças continuam acontecendo. Dessa vez, um juiz invalidou a confissão de Brendan Dassey, sobrinho de Steven Avery, e ele pode ser libertado em breve.


A confissão de Brendan é uma das bases que fundamentaram a condenação de Steven Avery pelo caso mostrado em Making a Murderer. No documentário, é analisado o assassinato de Teresa Albach, pelo qual Avery e Dassey são condenados, depois de um outro caso de crime sexual pelo qual Avery havia sido injustamente aprisionado.

Durante a investigação, Dassey, que tem problemas de aprendizado e baixo Q.I., foi interrogado pelos policiais sem a presença da mãe ou de um advogado. Dassey confessou o crime acusando o tio Avery pelo assassinato de Teresa, mas depois voltou atrás. Avery sempre negou o assassinato e diz ser vítima de perseguição policial. Ambos foram condenados à prisão perpétua.

Um juiz invalidou a confissão de Dassey alegando que as circunstâncias  em que foi obtida foram ilegais. Dassey deve ser libertado em até 90 dias. Inicialmente não há efeitos da novidade na pena de Avery, mas sua advogada deve utilizar a situação para alegar a inocência do cliente.

Recentemente a Netflix anunciou uma nova temporada de Making a Murderer, mostrando os novos desenrolamentos do caso.

Fonte: Publico.pt

Nenhum comentário :

Postar um comentário