Search

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Netflix lança 4 documentários no Festival de Toronto; um deles é sobre assassina Amanda Knox


Depois de alguns dias sem muitas novidades, a Netflix lançou nesta quarta-feira (10) quatro documentários durante o Festival Internacional de Cinema de Toronto, incluindo um filme sobre Amanda Knox (no centro da foto), uma norte-americana que passou quatro anos presa pelo assassinato de sua colega de quarto na Itália, e depois foi absolvida.

Os títulos são: "Amanda Knox", dos diretores Rod Blackhurst e Brian McGinn (de "Chef's Table") e produtores Mette Heide e Stephen Robert Morse; "Into the Hell", sobre a relação entre os seres humanos e vulcões, dirigidos por Werner Herzog e Clive Oppenheimer; "O Jogo do Marfim", um filme sobre o comércio ilegal de marfim em África, dos diretores Richard Ladkani e Kief Davidson, e produtor-executivo Leonardo DiCaprio; e "Os Capacetes Brancos", sobre três voluntários ajudando civis no conflito sírio no início de 2016, do diretor Orlando von Einsiedel e produtora Joanna Natasegara, a equipe de filmagem por trás "Virunga".

"Estamos comprometidos em ampliar as fronteiras da forma documental, e os nossos filmes em Toronto representam tanto talentos emergentes quanto cineastas experientes e icônicos", afirma Lisa Nishimura, uma das responsáveis pelo conteúdo original da Netflix. Dois documentários da Netflix, "What Happened, Miss Simone?" E "Winter on Fire" foram nomeados para prêmios da Academia em 2016, e o primeiro documentário original do serviço, "The Square", ganhou um Oscar em 2013.

Os quatro documentários devem na Netflix em todo o mundo ainda este semestre, com "os Capacetes Brancos" sendo lançado em 16 de setembro, seguido por "Amanda Knox" em 30 de setembro, "Into the Hell" em 28 de outubro e "O Jogo do Marfim" no dia 4 de novembro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário