Search

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Juiz manda soltar acusado em "Making a Murderer"


Um juiz norte-americano mandou soltar, nessa semana, um dos participantes do documentário "Making a Murderer", o sobrinho de Steven Avery, Brendan Dassey. Em agosto, o juiz já havia anulado a sentença de Dassey, e agora o pôs em liberdade por considerar que ele oferece baixo risco de fuga.


O juiz tomou a decisão um ano depois do lançamento de "Making a Murderer", documentário da Netflix, uma verdadeira novela sobre as idas e vindas do caso de assassinato imputado a Avery.

O caso de Avery chama especialmente a atenção, pois, antes do assassinato pelo qual foi condenado a prisão perpétua, ele já havia permanecido 18 anos atrás das grades por um crime que não cometeu.

No caso de Dassey, a sentença foi anulada por se basear somente em sua confissão. O caso de Avery é mais grave, pois seu DNA foi (SUPOSTAMENTE) encontrado na cena do crime.

Fonte: El País

Nenhum comentário :

Postar um comentário