Search

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

10 filmes na Netflix pra assistir e chorar em bicas


É estranho gostar de filmes que fazem chorar. Ninguém gosta de ficar triste, mas às vezes as tristezas na tela e o choro que elas provocam nos fazem lavar a alma, trazendo uma espécie de renovação.

Foi pensando nisso que escolhemos 10 filmes pra fazer você chorar em bicas, todos no catálogo da Netflix. Prepare os lencinhos e vamos lá:

- O Menino do Pijama Listrado (2008)


Tratando da relação de uma criança com um campo de concentração nazista, "O Menino do Pijama Listrado" é totalmente propício a uma chuva lágrimas. Na história, um menino filho de um oficial alemão fica amigo de um garotinho judeu preso em um campo. E isso é só o começo.

- Filadélfia (1993)


"Filadélfia" conta a história de um advogado demitido por portar o vírus da AIDS. Ele decide processar seus empregadores enquanto sua saúde se deteriora rapidamente. Além de fazer chorar, "Filadélfia" é um bom filme de tribunal, pra quem gosta do estilo.

- Marley e Eu (2008)


Sim, você sabia que esse filme ia estar na lista, então é preciso acabar com o incômodo, tirar o bode da sala. "Marley" não é exatamente um filme triste, mas acaba fazendo chorar por seus desenrolamentos. Assisti com meu filho e tive que fingir que precisava lavar o rosto.

- A Escolha de Sofia (1982)


"A Escolha de Sofia" é mais um filme ambientado na Segunda Guerra Mundial, e também faz chorar pacas. Na história, Sofia é uma polonesa que tem que fazer a pior escolha imaginável para um ser humano: decidir qual de seus filhos deve viver. Bem difícil de assistir.

- Sempre a seu Lado (2009)


"Sempre a seu Lado" conta a história de um cachorro que espera pacientemente por seu dono todos os dias na estação de trem. O dono não vem mais, e o cachorro continua esperando. E aí você acha que já acabou e chora mais ainda no final. Sério, se apelar com bicho é golpe baixo, esse filme leva a situação às últimas consequências.

- Hotel Ruanda (2004)


"Hotel Ruanda" fala da história de um genocídio étnico entre dois grupos (definidos arbitrariamente) de habitantes de Ruanda. Enquanto ocorre o massacre e a comunidade internacional não faz absolutamente nada, um gerente de hotel tenta salvar quem pode. O filme faz chorar mais ainda se você pensar que a história aconteceu de verdade.

- Tempo de Despertar (1990)


Com um elenco estrelado incluindo Robert De Niro e o saudoso Robin Williams, "Tempo de Despertar" conta a história de um médico (Williams) que descobre uma droga que tem um efeito dramático em pacientes catatônicos. Não vou contar mais pra não estragar, mas pode acreditar que é triste.

- Melancolia (2011)


"Melancolia" é mais puxado para a tristeza crônica do que o choro convulsivo, mas merece estar na lista também. O estranho filme do diretor Lars Von Trier conta a história de Justine, que está se preparando para casar mas não consegue se sentir ajustada. Enquanto isso, um planeta chamado Melancolia se aproxima perigosamente da Terra.

- Donnie Darko (2001)


Um de meus filmes preferidos, "Donnie Darko" tem uma trama estranha e difícil de explicar. No filme, Donnie é um adolescente desajustado, com problemas com a família e sem amigos. Uma noite, uma turbina de avião cai em sua casa, destruindo o seu quarto, mas ele não se machuca por ter dormido fora. Frank, um coelho de dois metros de altura que pode ser descrito como um Mestre dos Magos pervertido, aparece algumas vezes para o adolescente. E aí, no final, acontece o impensável.

Veja também: Dez documentários na Netflix para abrir a cabeça

- Precisamos Falar Sobre o Kevin (2011)


"Precisamos Falar Sobre o Kevin" conta a história de uma mãe e da sensação terrível de não conhecer  e não entender alguém a quem você gerou. Kevin, uma criança problemática com tendências violentas, fica cada vez pior conforme cresce. O filme é excelente, mas não recomendo pra ninguém. NINGUÉM. Não assista em domingo à noite.

14 comentários :

  1. Tempo de Despertar: uma das melhores surpresas que tive na Netflix. Sou fã do DeNiro, mas não conhecia este filme, muito bom. Robin Willians também manda muito bem. Salvei alguns dos outros filmes em minha lista, em especial: Filadelfia, sempre ouvi falar deste filme e nunca assisti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filadélfia é ótimo, manda ver :)

      Excluir
    2. U grande filme com duas excelentes interpretações (o médico que escreveu o livro que dá nome ao filme morreu o ano passado).

      Excluir
  2. The Mist(O Nevoeiro), adaptação de um conto do Stephen King, um dos "piores" finais que eu ja assisti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu adorei o final, adoro finais não felizes ... odeio final feliz

      Excluir
    2. Sim, por isso eu coloquei "piores" entre aspas, o engraçado é que o fim do filme é diferente do fim do conto, mas o próprio Stephen King depois que assistiu o filme achou o choque do final que o diretor criou melhor que o final que ele escreveu para o conto.

      Excluir
  3. 'Hotel Runda' sempre quis assistir e não sabia que tava na Netflix. Já ta na minha (interminável) lista. Valeu

    Danilo Zanon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois, sempre quis ver e nem sabia que tinha!

      Excluir
    2. Hotel Ruanda é maravilhoso, além de tratar de fatos reais.

      Excluir
  4. Gosto muito e chorei bastante com Little Boy

    ResponderExcluir
  5. Assisti a maioria ,vai pra minha lista sempre ao seu lado e
    A escolha de sofia

    ResponderExcluir
  6. Faltou na lista Um Santo Vizinho...fui assistir achando que era comédia e me surpreendi!!!!

    ResponderExcluir
  7. Precisamos falar sobre Kevin é ótimo....mas é pesadaço mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Fargo é maravilhosos e já assisti a umas 5 vezes. Outro filme dos irmãos Coen que esta na netflix e é super, hiper, mega engraçado é o Grande Lebowski

    ResponderExcluir